Sou Paraná http://www.souparana.com.br O Paraná você encontra aqui Mon, 02 May 2022 17:42:24 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.4.10 Profissão: influencer http://www.souparana.com.br/2022/05/02/profissao-influencer/ Mon, 02 May 2022 17:42:24 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6732 Saiba como o Novo Ensino Médio prepara estudantes para profissões atuais

Antes consideradas apenas ferramentas de entretenimento, as redes sociais hoje são fonte de renda – e renda milionária – para muitos jovens – e outros nem tão jovens assim. Os influenciadores digitais arrastam multidões de fãs que fariam inveja à banda de rock mais badalada dos anos 1990, por exemplo. Donos de centenas de milhões de seguidores, assinam contratos milionários com marcas das mais diversas, de roupas a comida, passando por companhias aéreas e sites de apostas esportivas.

Há apenas uma geração, era impensável estimular adolescentes a ganhar dinheiro fazendo fotos e vídeos na internet. Atualmente, essa é uma realidade que já não pode ser ignorada. E, entre as mudanças trazidas pelo Novo Ensino Médio, está a possibilidade de discutir e trabalhar temas como a influência digital dentro da escola, sob o amplo guarda-chuva dos itinerários formativos. A coordenadora editorial do Sistema Positivo de Ensino, Milena dos Passos Lima, explica que há muitos benefícios em usar esse tipo de abordagem. “O influenciador digital tem que entender sobre mídia digital e linguagem, determinar o público-alvo, compreender gêneros textuais. Então, falando sobre isso, desenvolvemos habilidades como criatividade, argumentação, comunicação e senso crítico, uma série de aprendizados”, enumera.

Para a especialista, trazer esse tipo de assunto para dentro da escola é uma forma de atualizar os conteúdos trabalhados em sala de aula. “Esse é um tema que aparentemente estaria fora do currículo escolar, mas o currículo é vivo, está sempre se modificando e deve refletir o tempo em que está sendo aplicado”, reforça. De acordo com a lei do Novo Ensino Médio, há cinco itinerários que podem ser combinados: Linguagens, Ciências Humanas e Sociais, Ciências da Natureza, Matemática e Técnico Profissionalizante.

Além disso, os itinerários precisam estar organizados em quatro eixos: processos criativos, mediação e intervenção sociocultural, investigação científica e empreendedorismo. No caso dos influenciadores digitais, o assunto conversa perfeitamente com o eixo dos processos criativos. “Ter um itinerário que traga esse tema, não quer dizer que o aluno será influenciador, mas, com essas temáticas atualizadas e aprofundamentos interessantes, estimulamos os jovens a pensar em novas carreiras”, diz.

Jovens protagonistas

O princípio das mudanças no Ensino Médio é justamente o protagonismo juvenil, o desenvolvimento da autonomia do aluno a partir da condição juvenil. Por isso, destaca Milena, é fundamental entender o que é relevante para os jovens. Muitas vezes, esses interesses casam perfeitamente com os interesses dos professores. “Já ouvi algumas vezes, dos docentes, algo como ‘essa é a aula que eu sempre quis dar e não podia’. Os itinerários formativos trazem essa chance de que os estudantes absorvam um conhecimento que existe, mas que nem sempre pode ser compartilhado no currículo tradicional”, explica a educadora.

Dentre as propostas trazidas pelo Novo Ensino Médio, está a construção de uma aprendizagem significativa e que converse com a realidade dos estudantes para além dos muros da escola. “Essa é uma oportunidade de chamar o jovem para que ele deseje estar na escola. Quando trazemos essas temáticas, mobilizamos diferentes conhecimentos a partir do interesse do estudante. As pessoas são múltiplas e a escola pode dar a chance de desenvolver esses interesses”, pontua.

Como aplicar um itinerário inovador

Qualquer escola pode definir os itinerários formativos que deseja trabalhar. Segundo Milena, três passos são fundamentais para isso. O primeiro é entender o que se deseja do estudante, o que é relevante para ele e o contexto em que ele está inserido. A partir daí, é possível construir uma trajetória escolar. “Muitas escolas ainda não entenderam que, para fazer isso para o aluno, elas precisam olhar para a própria trajetória enquanto escola e pensar em estratégias que valorizem esse contexto”, detalha Milena.

O segundo passo é ouvir o estudante: acostumar-se a dar voz a ele e a ouvir o que ele tem a dizer. “Quantos alunos dizem que o currículo não está interessante? Poucos, porque eles não sentem que serão ouvidos. E acabamos perdendo a chance de ter essa escuta e fazer o casamento disso com a disponibilidade de espaço e a estrutura que a escola já tem. O que determina o sucesso de um projeto assim é estar disponível para essa caminhada”, finaliza.

]]>
Portaria que encerra emergência de saúde pública http://www.souparana.com.br/2022/04/25/portaria-que-encerra-emergencia-de-saude-publica/ Mon, 25 Apr 2022 20:07:43 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6726 Cerca de 660 atos normativos, entre leis, decretos, portarias e resoluções, estão vinculados à emergência de saúde pública; entenda o que muda

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União, na última sexta-feira (22), a portaria nº 913 que encerra oficialmente a Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) em decorrência da Covid-19.

Publicada em edição extra do Diário Oficial da União, a portaria passa a valer daqui a 30 dias para adequação dos governos federal, estaduais e municipais.

O texto alerta para a necessidade de manutenção do Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo novo Coronavírus, “com base na constante avaliação técnica dos possíveis riscos à saúde pública brasileira e das necessárias ações para seu enfrentamento”.

Na ocasião da assinatura da portaria, o ministro Marcelo Queiroga afirmou que o Sistema Único de Saúde tem condições de manter as ações e o aporte de recursos para a vigilância em saúde.

“Mesmo que tenhamos casos de Covid-19, porque o vírus vai continuar circulando, se houver necessidade de atendimento na atenção primária e leitos de UTI, temos condição de atender”, disse ele, em entrevista coletiva.

Emergência de saúde pública

A emergência de saúde pública de importância nacional em decorrência da infecção humana pelo novo coronavírus foi declarada pelo governo em fevereiro de 2020.

Logo depois, a Câmara e o Senado aprovaram o Projeto de Lei 23/2020 para regulamentar as medidas que deveriam ser adotadas pelas autoridades sanitárias em caso de emergência de saúde pública provocada pelo coronavírus.

O projeto foi transformado na Lei 13.979, de 2020. Nela, estão as primeiras medidas vinculadas à emergência, como a possibilidade de isolamento e quarentena, fechamento temporário de portos, rodovias e aeroportos e tratamentos médicos específicos, que poderiam perder a vigência com o fim da Espin.

Além disso, leis que proíbem a exportação de produtos médicos, hospitalares e de higiene essenciais ao combate à epidemia de coronavírus no Brasil e a que facilita a compra de vacinas contra a Covid-19 também devem ser afetadas.

Contudo, segundo o consultor legislativo da área de Saúde Flavio Palhano, algumas leis devem continuar válidas mesmo com o fim do estado de emergência.

“Algumas regras dessa lei continuam em vigor por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que estendeu a vigência dos dispositivos com medidas sanitárias de combate à pandemia da Covid-19. A decisão não vinculou a duração das medidas à emergência de saúde pública, o que torna improvável que as medidas sejam afetadas pelo fim da Espin”, explicou.

Prazo para adaptação

Nesta semana, os conselhos de secretários de Saúde de estados (Conass) e municípios (Conasems) questionaram o fim da emergência e pediram um prazo maior, de 90 dias, em vez de 30 dias, para adaptação.

“Sob o risco de desassistência à população, solicitamos ao Ministério da Saúde que a revogação da Portaria MS/GM nº 188, de 3 de fevereiro de 2020, estabeleça prazo de 90 dias para sua vigência e que seja acompanhada de medidas de transição pactuadas, focadas na mobilização pela vacinação e na elaboração de um plano de retomada capaz de definir indicadores e estratégias de controle com vigilância integrada das síndromes respiratórias”, diz o ofício das entidades.

Na entrevista coletiva realizada ontem, o ministro comentou a posição dos conselhos de secretários de saúde e citou os exemplos do Distrito Federal e do Rio de Janeiro para sustentar a posição do ministério.

“Eu sei que secretários dos estados e municípios queriam que o prazo fosse maior. Mas olha, o governador Ibaneis Rocha já cancelou o decreto do DF e o governador Cláudio Castro vai fazer o mesmo no Rio de Janeiro. Não vejo muita dificuldade para que secretarias estaduais e municipais se adequem”.

]]>
Hashis elétricos deixam a comida salgada sem a adição de sal http://www.souparana.com.br/2022/04/25/hashis-eletricos-deixam-a-comida-salgada-sem-a-adicao-de-sal/ Mon, 25 Apr 2022 19:46:21 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6723 Em teste, os hashis elétricos deixaram a comida 1,5 vez mais salgada do que comer com os utensílios comuns

No Japão, cientistas desenvolveram hashis elétricos que aumentam a salinidade dos alimentos, sem a necessidade de adicionar sal. O apetrecho culinário pode ser utilizado principalmente por pessoas que seguem uma dieta com pouco sódio.

Para ter a sensação de salinidade no paladar, os usuários devem utilizar uma pulseira, que possui corrente elétrica e a transmite íons de sódio dos hashis para a comida, e então para a boca. Segundo os pesquisadores, não é possível sentir a corrente.

No Japão, o uso de ingredientes como molho de soja e missô fazem parte da base culinária e tornam a alimentação rica em consumo de sódio.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, diariamente, um adulto deve consumir cinco gramas de sal. No Japão, em média, os habitantes consomem o dobro dessa quantidade.

Com isso, Homei Miyashita, pesquisador do projeto e professor na Universidade Meiji, decidiu simular a salinidade através de utensílios. O projeto contou ainda com a marca de bebidas Kirin.

Em teste, os hashis elétricos deixaram a comida 1,5 vez mais salgada do que comer com os utensílios comuns.

“Você pode sentir o efeito salgado quando coloca a comida na boca usando o palito, ou também pode sentir o gosto salgado quando pressiona o próprio palito contra a língua”, disse ele ao site Vice.

Ainda em desenvolvimento, os hashis poderão entrar à venda no mercado nos próximos anos.

]]>
Oscar do esporte: Verstappen ganha prêmio de melhor do mundo http://www.souparana.com.br/2022/04/25/oscar-do-esporte-verstappen-ganha-premio-de-melhor-do-mundo/ Mon, 25 Apr 2022 19:23:32 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6720 Velocista jamaicana Elaine Thompson-Herah fatura o Laureus na categoria feminina

Os vencedores do Prêmio Laureus 2022 foram anunciados em uma cerimônia virtual realizada em Sevilha, neste domingo (24). Na categoria masculina, o atual campeão da Fórmula 1, Max Verstappen, foi agraciado com a premiação.

Na categoria feminina, o prêmio foi dado para a velocista jamaicana Elaine Thompson-Herah, dona de três medalhas de ouro (100m, 200m e 4x100m rasos) nas Olimpíadas de Tóquio.

A premiação, popularmente conhecida como ‘Oscar do esporte’ reconheceu as maiores conquistas esportivas do último ano. A Seleção Italiana de Futebol, vencedora da última Eurocopa, ganhou o prêmio de equipe do ano. Outras personalidades influentes do esporte também foram homenageadas na cerimônia.

Em declaração posterior ao prêmio, Max Verstappen, que neste domingo ainda venceu o GP da Emília-Romagna de Fórmula 1, se mostrou honrado com a escolha e recordou a temporada de 2021 da categoria, que foi encerrada com seu primeiro título mundial.

“Fiquei muito feliz, é claro, mas foi muito trabalho duro, além de anos de preparação. Estou extremamente orgulhoso. Desde criança, eu sonhava em estar no degrau mais alto e ganhar o campeonato. E disse ao meu pai [o ex-piloto de F-1, Jos Verstappen]: ‘Conseguimos! Foi para isso que trabalhamos todos esses anos, e agora estamos aqui, nós dois, com todas as memórias, todos os anos viajando por toda a Europa, buscando nosso objetivo, que foi alcançado. Sou o primeiro piloto holandês a vencer o Campeonato Mundial, e a reação na Holanda foi incrível, de todos os jornais e fãs. É uma coisa que jamais esqueceremos. Significa muito receber este prêmio, um dos mais conceituados do mundo, e estou extremamente feliz.”, afirmou o piloto da Red Bull Racing.

Elaine Thompson-Herah, por sua vez, citou seu compatriota e ex-velocista, Usain Bolt, em sua fala e reiterou que busca se imortalizar como a maior velocista feminina da história do esporte.

“Sei que Usain já ganhou o Laureus Awards anteriormente, mas trazer esse troféu de volta para o Caribe, novamente na Jamaica, é muito especial. Já assisti àquela corrida [de 100 metros] cerca de mil vezes. Diria que estou muito, muito orgulhosa, mas não posso viver no passado. Mesmo sendo muito especial, são lembranças. Não posso simplesmente ficar sentada e dizer ‘OK, sou bicampeã olímpica, sou cinco vezes medalhista de ouro olímpica’. Tenho que continuar trabalhando, porque minha motivação é ser ainda melhor. Eu disse a mim mesma que quero ser a maior velocista feminina, portanto, vou focar no que o futuro reserva para mim”, disse.

Além de Verstappen e Thompson-Herah, outros grandes esportistas foram homenageados por suas façanhas na cerimônia. Tom Brady, quarterback do Tampa Bay Buccaneers, foi homenageado com o Laureus Lifetime Achievement Award, em reconhecimento pela brilhante carreira na NFL, onde venceu por sete vezes o Super Bowl.

Robert Lewandowski, atacante da seleção polonesa e do Bayern de Munique, recebeu o Laureus Academy Exceptional Achievement Award, conhecido em reconhecimento de feitos extraordinários do esporte. Na campanha do décimo título seguido do Campeonato Alemão da equipe bávara, o polonês ultrapassou a marca histórica de 40 gols de Gerd Muller em uma edição do campeonato. A honraria dada ao atleta foi concedida anteriormente apenas cinco vezes.

Outro grande ícone do esporte homenageado foi Valentino Rossi, que no último ano anunciou sua aposentadoria da MotoGP. Dono de sete títulos da categoria, o italiano foi agraciado com o Laureus Sporting Icon Award, em homenagem à carreira vitoriosa que teve. Na categoria de benfeitorias à sociedade, a Fundação Real Madrid foi agraciada com a Laureus Sport for Good Society Award desta edição.

]]>
Espera por entrevista para visto de turismo americano chega a 321 dias em São Paulo http://www.souparana.com.br/2022/04/25/espera-por-entrevista-para-visto-de-turismo-americano-chega-a-321-dias-em-sao-paulo/ Mon, 25 Apr 2022 18:59:28 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6717 Demanda represada pela pandemia da Covid-19 aumenta a fila para aqueles que desejam visitar os Estados Unidos

De acordo com dados do Consulado dos Estados Unidos no Brasil, a espera para conseguir uma entrevista do visto de turismo americano pode chegar a 321 dias em São Paulo, uma demora de quase 11 meses. A fila também é grande em outras cidades: no Rio de Janeiro pode chegar a 277 dias, em Porto Alegre a 269, em Recife a 179 e em Brasília a 238.

A alta demanda pode ser relacionada à pandemia da Covid-19. De acordo com o advogado de imigração e sócio-fundador da AG Immigration – escritório de consultoria e advocacia imigratória –, Felipe Alexandre, os pedidos atuais se somam àqueles pendentes devido às paralisações da pandemia. Os vistos em processo de emissão atualmente já haviam sido solicitados e não foram concluídos devido ao fechamento dos consulados e da Embaixada, que estava atendendo apenas a pedidos de emergência.

A espera é menor para aqueles que buscam estudar nos EUA. O prazo para a realização da entrevista nesse casos é de 24 dias.

A Embaixada recomenda que aqueles que desejam visitar o país se planejem levando em consideração a espera para a emissão do documento, obrigatório para a entrada nos Estados Unidos. Para aqueles que desejam renovar o visto, a espera é menor.

Aqueles que já possuem um agendamento podem alterar a data sem custo – portanto, vale a pena observar o site da Embaixada americana para o caso de uma data mais próxima ser aberta.

O visto de turismo é o mais solicitado no país, e dá acesso ao território americano durante período limitado e apenas para atividades sem fins lucrativos. Ele não permite que o viajante trabalhe ou passe a morar nos Estados Unidos.

]]>
NFTs de música: como a tecnologia está mudando a indústria? http://www.souparana.com.br/2022/04/25/nfts-de-musica-como-a-tecnologia-esta-mudando-a-industria/ Mon, 25 Apr 2022 18:46:52 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6714 As NFTs estão revolucionando o mundo com sua tecnologia inovadora e muitas indústrias estão entrando nesse universo, sendo a indústria da música uma delas. As NFTs de música estão dando aos artistas controle criativo total sobre seus ativos digitais em um novo modelo para gerar novos fluxos de receita que evitam completamente o intermediário.

A indústria da música está passando por uma evolução e os NFTs estão na vanguarda dessa transformação.

Tradicionalmente, a indústria da música opera em um sistema fortemente baseado em royalties. Embora o streaming garanta royalties contínuos para um artista, a compra de um disco físico geralmente entrega um único pagamento ao músico, não importa quantas vezes alguém ouça o álbum. E se o fã que possui o disco o vender, o detentor dos direitos autorais não será pago novamente, tornando difícil para a maioria dos artistas ganhar a vida apenas com sua música. É aqui que entra a NFT de música.

Neste artigo, você aprenderá como os NFTs estão revolucionando a indústria da música.

O que são NFTs de música?

As NFTs de música são um certificado de propriedade de áudio exclusivo ou de uma peça musical que pode ser comprada ou vendida. Os NFTs fornecem prova inegável de propriedade por meio da tecnologia blockchain e vêm com uma certificação de autenticidade que pode ser verificada a qualquer momento.

Assim como os tokens de cripto, os NFTs são armazenados em um livro-razão distribuído, tornando-os difíceis de falsificar. Por meio da NFT de música, os artistas podem reivindicar a propriedade total de suas músicas sem precisar compartilhar seus lucros com intermediários como gravadoras ou advogados.

Diferentes formas de NFTs de música

Existem algumas formas diferentes de NFTs de música. Vamos explorar as diferentes maneiras pelas quais os NFTs mudaram a maneira tradicional de ouvir música.

Músicas e álbuns completos

Sempre quis ter o primeiro vinil de sua música ou álbum favorito? Agora você pode. Mais e mais artistas e músicos começaram a usar NFTs para se conectar com seu público, lançando músicas e discos exclusivos.

Recentemente lançado na Binance NFT, Trey Songz, cantor de R&B premiado, fez a curadoria de um NFT Mystery Box exclusivo que apresenta novas músicas inéditas e peças musicais exclusivas compostas pelo próprio Trey Songz.

Outro conjunto de NFTs na coleção inclui outras recompensas, como músicas mais recentes, oportunidade de fazer chamadas de zoom e co-criação musical única na vida com Trey.

Arte digital e fotos

A arte desempenha um papel importante na arte de um músico e, até certo ponto, na renda. A arte digital e as fotos podem incluir capas de álbuns de edição limitada, pôsteres e imagens exclusivas dos bastidores dos shows.

Ingressos para shows

A crescente popularidade dos NFTs criou mais casos de uso no mundo físico, incluindo acesso exclusivo a vantagens pessoais, itens de luxo e até ingressos para shows. Além disso, o bônus de um bilhete NFT ajuda a combater a fraude no mercado de venda de ingressos.

Videoclipes de suas performances favoritas

Assim como os videoclipes NFT ‘NBA Topshot’, agora você pode comemorar um momento em um show que foi especial para você comprando-o como um NFT e até exibindo-o digitalmente em sua casa.

Web 3.0 e o valor das NFTs de música

Na era da Web 3.0, as NFTs são especialmente úteis para artistas independentes que não têm contrato com uma gravadora. Isso ocorre porque os NFTs dão aos artistas total controle e propriedade de suas criações.

Além disso, os artistas não precisam estar vinculados a plataformas de streaming, pois podem lançar suas músicas de forma independente para o público.

Ademais, os NFTs estão abrindo um novo caminho para artistas independentes, oferecendo a eles uma grande oportunidade de gerar fluxos de receita adicionais com suas músicas e criar conteúdo exclusivo para seus fãs.

O potencial dos NFTs na indústria da música

Na maioria dos casos, as pessoas que compram NFTs de música não estão comprando os direitos do áudio ou da composição, mas pagando por direitos virtuais de se gabar e apoiar artistas que consideram subvalorizados pelo sistema tradicional.

Além de permitir que os artistas obtenham receita sem comissões, os NFTs oferecem uma grande flexibilidade aos artistas, pois podem literalmente leiloar qualquer forma de ativos digitais. Isso inclui músicas, álbuns completos, mercadorias, ingressos para shows e muito mais, o que coloca muito poder de volta nas mãos dos artistas, oferecendo a eles uma maneira alternativa de monetizar sua arte ou outras formas de mercadoria digital.

Com tudo isso, até mesmo os principais players do setor também estão pulando no trem da NFT.

Por exemplo, A Warner Music Group tem uma parceria com a Genies, empresa que cria avatares digitais e wearables. Outro exemplo, é a Universal Music Group que uniu forças com o Bored Ape Yacht Club para formar uma banda de metaverso chamada Kingship.

]]>
A saga de Sabrina Sato: passo a passo, veja como foi a maratona para desfilar no carnaval de São Paulo e Rio na mesma noite http://www.souparana.com.br/2022/04/25/a-saga-de-sabrina-sato-passo-a-passo-veja-como-foi-a-maratona-para-desfilar-no-carnaval-de-sao-paulo-e-rio-na-mesma-noite/ Mon, 25 Apr 2022 14:52:59 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6711 Rainha de bateria da Gaviões da Fiel e da Unidos de Vila Isabel encarou trajeto de carro e de jatinho. Já no Rio, seguiu em veículo escoltado do Galeão até a Sapucaí

O cronograma apertado dos desfiles de carnaval de 2022 das escolas de São Paulo e Rio de Janeiro não encontrou barreira na disposição de Sabrina Sato. Rainha da Gaviões da Fiel e da Unidos de Vila Isabel, a apresentadora desfilou pelas duas escolas — em diferentes cidades — na mesma noite.

Foi com emoção: em cerca de 5 horas, teve atraso, correria, viagem a jato (literalmente), escolta por motos, centenas de quilômetros percorridos (parte do percurso, com salto alto e sambando), alguns quilos de fantasia e um comprometimento de maratonista (do samba).

E tudo isso “só” para cruzar duas avenidas — 530 metros de Anhembi e mais 700 metros de Sapucaí.

À 0h30, ela começou a sambar pela Gaviões, em São Paulo, horas após uma preparação que se iniciou ainda de dia. Por volta de 4h45 da madrugada, Sabrina Sato pisou na Sapucaí, no Rio, para desfilar pela Vila Isabel. A seguir, veja a saga para concluir missão. Spoiler: deu cerrrrrto!

O antes

Sabrina Sato fez sua primeira preparação no Hotel Holiday Inn, no Anhembi, em São Paulo.

“Hoje tem Gaviões da Fiel e Vila Isabel, só de falar já me emociono. Vai ser uma maratona única na minha vida”, disse a apresentadora em direção ao hotel. O vídeo feito no carro mostra que o dia ainda estava claro.

A primeira caracterização foi feita no hotel — sua fantasia e a maquiagem eram em tons de dourado e preto. De lá, por volta de 22h, ela seguiu direto para o desfile. A distância entre o hotel e o Sambódromo de São Paulo é de quatro minutos a pé.

Na concentração, Sabrina Sato fez fotos, deu entrevistas, atendeu fãs e se reuniu com a escola antes de pisar na avenida. “Hoje vai ser jornada dupla”, disse a apresentadora à Globo momentos antes de começar o desfile pela Gaviões.

Atraso da Gaviões

O cronograma que já estava apertado ficou ainda mais, já que a Gaviões da Fiel entrou atrasada para o desfile.

Um atraso provocado pela limpeza da avenida fez com que a escola começasse o desfile cerca de uma hora depois do previsto: em vez de 23h35, a Gaviões entrou na avenida à 0h30.

Com o enredo “Basta”, a Gaviões da Fiel foi a segunda escola a entrar na avenida em São Paulo. A escola abordou as faces da desigualdade social e um dos assuntos levados para a avenida foi a escravidão. Sabrina Sato desfila na escola desde 2004 e este foi seu terceiro ano como rainha de bateria.

‘Continuem torcendo’

Assim que terminou de desfilar para a Gaviões da Fiel, no sambódromo do Anhembi, Sabrina Sato já correu para o carro em direção ao aeroporto Campo de Marte para ir até o Rio de Janeiro. Ela postou um vídeo no seu perfil do Instagram dentro do carro. Ainda com a fantasia da Gaviões, ela pediu torcida para que tudo desse certo e agradeceu o carinho do público.

“Quero agradecer todo carinho de vocês. Acabei de sair do desfile da Gaviões, to com o body aqui ainda, ó, e to chegando no aeroporto para pegar o avião. Já deu certo. Continuem torcendo”, disse ela.

Torcida da internet

Tudo foi acompanhado pelas redes sociais com apreensão. “Será que vai dar tempo?”, questionaram internautas que fizeram até memes com a situação.

“Gente e aí???? Novidades da Sabrina Sato? Tô quase fazendo orações”, disse uma usuária do Twitter.

Maquiagem no jatinho

Parte da segunda caracterização da noite foi feita pelos ares. Num vídeo feito dentro do jatinho, Sabrina Sato aparece com uma nova maquiagem, agora azul. “Chegamos, Rio de Janeiro. Chegamos com outra maquiagem, olha”, disse ela, que vestia um roupão preto.

Em terra firme

O avião de Sabrina Sato pousou no Galeão, na Zona Norte do Rio, às 2h47. Inicialmente, a previsão era que ele chegasse às 1h58, mas com o atraso no desfile da Gaviões, o horário de estendeu.

De lá, seu carro seguiu para a Sapucaí escoltado por motos da Vila Isabel conduzindo o trajeto, que durou cerca de 20 minutos.

‘Mais fácil do que eu imaginava’

A Unidos de Vila Isabel, que neste ano homenageou Martinho da Vila, começou o desfile por volta de 4h45. Foi a última escola a desfilar pelo Rio de Janeiro.

Já sambando na Sapucaí, Sabrina Sato falou com a Globo:

“Meu amor, eu acho que o amor faz a gente conseguir tudo. O amor que eu tenho pela Vila Isabel, pela Gaviões, pelo carnaval, por tudo isso… Gente, eu to muito emocionada. Foi uma maratona, sim, mas com todo mundo ajudando, todo mundo apoiando, foi muito mais fácil do que eu imaginava”, disse ela, que vestia uma fantasia em tom de azul e cheia de estrelas.

 

]]>
Prefeitura através da Secretaria da Educação homenageará professores com a entrega de comenda 250 anos http://www.souparana.com.br/2022/04/25/prefeitura-atraves-da-secretaria-da-educacao-homenageara-professores-com-a-entrega-de-comenda-250-anos/ Mon, 25 Apr 2022 14:00:35 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6708
Na manhã da última segunda-feira (18), aconteceu no gabinete do prefeito, o convite para a entrega de comendas 250 anos de fundação do município, aos professores e servidores, em reconhecimento dos trabalhos e contribuição em prol da educação dos alunos de Guaratuba.
Na ocasião estavam presentes, o prefeito, Roberto Justus; a secretária da Educação, Fernanda Monteiro; a secretária da Cultura e do Turismo, Maria do Rocio Bevervanso e os servidores convidados à receber a comenda.
A cerimônia de entrega de comendas 250 anos de fundação do município acontecerá no dia 28 de abril às 14h. Serão homenageados os seguintes professores e servidores: Ana Lúcia Modesto Nascimento; Andréa Márcia Vilaqua; Bernadete Greselle dos Santos; Cíntia Graper; Cleri Aparecida Domingues Castro; Catarina Aparecida Corrêa; Denise Escurseles Cordeiro; Edna Luiza Ribeiro Lançoni’; Eliane de Souza; Eliane Lourenço Pontes dos Santos; Juraci Silva D’Oliveira Silva; Mabel Vieira Cézar; Margarida de Fátima Henrique; Maria Aparecida Veiga; Marilene Motta Barbosa; Raquel dos Santos Papa; Roberto Carlos da Costa; Rosângela Maria Simão Valezi; Alessandra Miranda Braga; Tainara Eunice Smeck Machado; Karyna Brunetti Lucinda e Flaviane Hupalo de Jesus Pacheco.
A secretária da Educação, Fernanda Monteiro espera com grande alegria a concretização deste momento “Esse ano o tema do desfile na Avenida 29 de Abril será a ‘História da Educação – das origens à projeção do futuro’ e será uma honra estar ao lado das mulheres que escreveram esses capítulos. Nossa celebração se inicia, já no dia 28, com a entrega da comenda dos 250 anos, em reconhecimento aos profissionais no topo da carreira que representam anos de dedicação aos nossos alunos e à nossa Guaratuba”, afirmou a secretária.
]]>
Startup curitibana torna Carnaval na Sapucaí mais inclusivo para deficientes visuais http://www.souparana.com.br/2022/04/25/startup-curitibana-torna-carnaval-na-sapucai-mais-inclusivo-para-deficientes-visuais/ Mon, 25 Apr 2022 13:52:05 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6705 A Veever, startup curitibana que criou um aplicativo que ajuda pessoas com deficiência visual se localizarem pela cidade, levou sua tecnologia para o Carnaval da Sapucaí, no Rio de Janeiro, que começou na última quarta-feira (20/4).  A iniciativa permite que pessoas com deficiência visual possam receber descrições, orientações e direcionamentos sobre seus entornos direto em seu smartphone.

Ao baixar o aplicativo da Veever gratuitamente e circular pelas áreas mapeadas do Sambódromo, pessoas cegas ou com baixa visão recebem, por comandos de voz, informações que as auxiliam na interação e locomoção nos espaços.

Essa não será a primeira vez que o Veever será usado em uma atração cultural de grande proporção. Em 2019, a startup fez uma parceria com o Rock in Rio e ajudou a mapear as mais de 20 áreas da Cidade do Rock, tendo um retorno bastante positivo por parte dos usuários e da organização do evento, que na edição desse ano também contará com a solução.

“Depois do Rock in Rio, muitas portas se abriram. No entanto, a pandemia e o consequente fechamento dos espaços físicos segurou o crescimento da empresa por mais de dois anos. Retomar as atividades com um convite como esse, para fazer o evento de maior relevância no nosso país, é uma honra enorme”, afirma João Pedro Novochadlo, sócio-fundador do Veever. 

Os desfiles de Carnaval da Sapucaí começaram na quarta-feira (20/4) e seguem até este sábado (23/4). Também haverá a apresentação das campeãs no dia 30 de abril. A expectativa é que passem mais de 70 mil pessoas ao longo dos 5 dias. Além do espaço interno de alguns camarotes, setores do Sambódromo foram mapeados para prover direcionamentos e informações sobre os espaços.

Todo o conteúdo que está sendo disponibilizado ao público do Carnaval da Sapucaí foi produzido pela Zênite Studios, empresa parceira do Veever e que possui como foco prover acessibilidade por meio da audiodescrição.

Tecnologia

Com o Veever, os brasileiros com deficiência visual passaram a ter uma ferramenta gratuita que proporciona maior autonomia e segurança para usar o transporte público, frequentar atrações culturais e circular nas ruas de maneira geral. O modelo é inovador porque funciona a partir da comunicação do aplicativo da startup curitibana com pequenos dispositivos, chamados beacons, que são instalados no objeto que se pretende descrever. Cada beacon possui um texto descritivo que é acionado com a proximidade do aparelho com aplicativo em funcionamento.

“Eles podem descrever uma obra de arte, avisar sobre a chegada de uma linha de ônibus ou informar as características de um brinquedo infantil. Enfim, podem enriquecer e facilitar qualquer experiência humana”, salienta Novochadlo.

Vale do Pinhão

Na avaliação da Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, a solução criada pela Veever é um exemplo da mobilização do Vale do Pinhão para oferecer inovações que respondam às necessidades da população da capital dentro do conceito de cidade inteligente. “A inovação só vale quando se torna um processo social”, acrescenta ela. O Vale do Pinhão é o movimento da Prefeitura e do ecossistema de inovação para promover ações de crescimento econômico sustentável e de smart city na capital.

]]>
Copel intensifica força-tarefa para atender pior evento climático da sua história em Maringá http://www.souparana.com.br/2022/04/25/copel-intensifica-forca-tarefa-para-atender-pior-evento-climatico-da-sua-historia-em-maringa/ Mon, 25 Apr 2022 13:35:02 +0000 http://www.souparana.com.br/?p=6702 Nesta segunda-feira (25), equipes de outras localidades estarão no município para auxiliar nas manutenções de pontos onde há árvores caídas, galhos sobre a fiação e cabos rompidos. Em toda a região Noroeste ao menos 166 postes quebraram

Equipes da Copel seguem em campo com reforços a fim de restabelecer o fornecimento de energia aos consumidores que tiveram o serviço interrompido após o temporal do fim de semana. No auge das chuvas, 473 mil domicílios chegaram a ficar sem energia, em diversas regiões do Paraná. Este domingo (24) iniciou com 64 mil imóveis sem luz em todo o Estado, número que está em 33 mil, de acordo com a última atualização, às 18h30.

Este já é considerado um dos piores eventos climáticos na região Noroeste, com rajadas de vento que chegaram a 91,8 km/h, de acordo com o Simepar. E é o mais severo da história da Copel no município, onde até agora já foram contabilizados 72 postes quebrados.

Entre os trabalhos previstos para esta segunda-feira (25), está a troca de 10 postes danificados, de uma vez, em um só trecho na Av. Morangueira com a Rua Antônio Bernardes, no Jardim Alvorada III. Outra situação de grande complexidade foi a quebra de cinco estruturas na Avenida 19 de Dezembro, na Zona 6.

Equipes de outras localidades estarão no município para auxiliar nas manutenções em centenas de pontos onde há muitas árvores caídas, além de galhos sobre a fiação e cabos rompidos.

Em toda a região Noroeste, ao menos 166 postes quebraram com os ventos fortes e a queda de árvores sobre as redes elétricas. Ao longo da tarde deste domingo (24) foi possível normalizar o fornecimento ao município de Mirador, que chegou a ter o serviço completamente interrompido devido à quebra de postes pelo temporal.

O evento climático trouxe danos severos para as redes de energia em toda a região. Há ocorrências ainda para atendimento em cidades como Floraí, Jardim Olinda, Esperança Nova e Doutor Camargo. Em Paranavaí, são 685 domicílios sem luz, e 270 em Cianorte, conforme dados atualizados.

Na região Oeste, o número de clientes sem energia reduziu-se para 4,1 mil, e as equipes continuam na região, concentrando esforços no município de Maripá, gravemente atingido por uma chuva de granizo.

As regiões Noroeste e Oeste do Estado já estão com reforço de equipes de outras localidades desde o sábado (23) e receberão um contingente ainda maior nesta segunda-feira (25).

]]>